Síndrome do Panico

A síndrome do pânico, denominada pela psiquiatria como transtorno do pânico, é um tipo de transtorno de ansiedade caracterizado por ataques súbitos de medo e desespero, um mal-estar intenso que alcança sua intensidade máxima em até 10 minutos. A pessoa tem a clara sensação de que vai morrer, ou que um mal súbito irá acontecer com ela. O pensamento de que existe uma doença perigosa acometendo o seu corpo, geralmente percorre a mente de quem passa por essa enfermidade. Sintomas relacionados são:

  • Taquicardia;
  • Sudorese ;
  • Dor ou desconforto no peito;
  • Formigamento;
  • Tontura;
  • Visão turva;
  • Boca seca;
  • Dificuldade de engolir;
  • Ondas de calor e frio;
  • Sensação de irrealidade;
  • Despersonalização;
  • Sensação de iminência de morte;
  • Sensação angustiante na altura do diafragma.

 

O transtorno do pânico é um sério problema de saúde pública, é crônico, e afeta em média 5% da população geral. Tem predominância entre as mulheres e geralmente se inicia no final da adolescência e início da fase adulta. Quem padece de síndrome do pânico sofre durante os ataques e ainda mais nos períodos entre uma e outra crise. O fato de não terem controle sobre quando ou como irá ocorrer traz tamanha insegurança ao ponto de afetar gravemente a qualidade de vida da pessoa. A sensação é de quem voltou a ser criança, amedrontado e desprotegido perante a escuridão da noite.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s